PUBLICIDADE
Pida

NOTÍCIAS

Simaria se emociona no retorno aos palcos

Cantora estava afastada para tratamento de saúde

Simaria se emociona no retorno aos palcos
Carregado de emoção. Assim foi o retorno de Simaria aos palcos, na noite de quinta-feira (9), no Espaço das Américas, em São Paulo. Ela se reuniu à irmã e parceira de palco, Simone, para cantar juntas depois de quase quatro meses afastadas profissionalmente por conta do tratamento de Simaria contra uma tuberculose ganglionar.
 
No palco, as duas emocionaram o público com o reencontro, regado a muitos abraços, beijos e lágrimas. Especialmente de Simaria, visivelmente emocionada diante dos fãs. Na web, o perfil do Instagram da dupla trouxe uma mensagem sensível escrita por Simaria nessa nova fase das coleguinhas mais queridas do Brasil:
 
"Sempre soube que Deus está ao nosso lado, mas essa noite, sentimos a presença dele ainda mais forte e, com certeza, fez com que esse dia se tornasse um dos mais especiais de nossas vidas! Queremos agradecer a noite fantástica que vocês nos proporcionaram, e mais ainda, agradecer a cada um de vocês que compreenderam, torceram, rezaram e vibraram com @SimoneSeS nos palcos durante toda a minha ausência. Imensurável tanto amor e tantas energias positivas que recebemos diariamente dos nossos fãs espalhados por todo mundo", escreveu.
 
A volta de Simaria Mendes, 35 anos, acontece cerca de quatro meses após o diagnóstico de tuberculose ganglionar. Ela terá de cumprir mais dois meses de tratamento contra a doença e precisa seguir recomendações médicas. "Aprendi a olhar mais para mim, a me alimentar melhor e a beber água, coisas que não fazia", disse Simaria.
 
"Foram 18 dias internada e, naquele momento, a única coisa que pensava era na minha saúde. Desde antes, eu sabia que estava sentindo alguma coisa e que não estava normal. Eu pensava na minha irmã, nos fãs e nunca olhava pra mim. Mas chegou o momento de olhar pra mim. São quatro meses de aprendizado: vamos diminuir a quantidade de shows e a carga de trabalho. A gente tem que trabalhar com consciência". desabafou Simaria.
 
Se antes as 'coleguinhas' faziam 30 shows por mês, agora não devem passar de 15, já que pretendem fazer no máximo três shows por semana, aos finais de semana. Tudo isso faz parte do novo objetivo da dupla, que envolve desacelerar um pouco o ritmo de trabalho, cuidar mais da saúde e curtir os momentos em família. A mudança de rotina foi ainda mais necessária porque, além da tuberculose, Simaria teve outros problemas de saúde e chegou a pesar 42 kg (seu peso normal é entre 49 kg e 50 kg
 
O show de ontem (9) foi uma espécie prévia do DVD - ainda sem data definida - que a dupla já começou a pensar, e que será gravado em São Paulo. "Tenho a ideia do projeto, mas não posso falar para não me copiarem. Mas vai ser algo que ninguém fez. Lembram do Bar das Coleguinhas? Vai ser nessa pegada", antecipou Simaria, citando o primeiro trabalho ao vivo da dupla, lançado em 2015.
 
 
Fonte: Correio 24 horas (texto adaptado)
COMENTÁRIOS